sábado, 9 de maio de 2009

RENASCIMENTO COMERCIAL E URBANO

Conjuntura
• Baixa Idade Média (séc. XI a XV)
• Crise do Sistema Feudal
1 – Características Gerais
• Decadência do feudalismo.
• Estruturação do modo de produção capitalista
Transformações Básicas
• auto-suficiência para economia de mercado.
• novo grupo social: burguesia.
• formação das monarquias nacionais.
2 – Crescimento Populacional
• Fim das invasões.
• Maior consumo
Excedentes populacionais expulsos dos feudos
• Retomada das cidades.
• Aumento do comércio.
• Aumento da criminalidade.
• Aperfeiçoamento de técnicas = Moinho hidráulico, arado de ferro etc.
• Busca de mais terras para cultivo = arroteamento (avanço da agricultura em terras de florestas e pântanos).
3 – O Movimento Cruzadista (Séc. XI - XIII)
• Movimento religioso e militar dos cristãos para retomar a Terra Santa (Jerusalém), em poder dos muçulmanos.
• Acomodação de excedentes populacionais.
• Busca de terras (nobreza).
• Busca de aventura ou enriquecimento (pilhagens).
• Absolvição dos pecados ou cura de enfermidades.
• Interesse comercial (mercadores italianos).
• Fracasso militar.
• Sucesso comercial (reabertura do Mar Mediterrâneo e das rotas de comércio entre o Oriente e o Ocidente).
4 – O Renascimento Comercial
• Cidades italianas - surgimento de rotas de comércio interligando o continente europeu.
• No cruzamento das rotas houve o surgimento das feiras que tinham caráter internacional: Champanhe (FRA) e Flandres (BEL) foram as mais importantes
• Retomada da moeda: Atividades de crédito e bancárias.
• Séc. XII Surgimento das HANSAS ou LIGAS = associações de comerciantes.
• Defendiam os interesses dos comerciantes de várias cidades e cuidavam do comércio em larga escala ( o que hoje poder ser o comércio por atacado).
• LIGA HANSEÁTICA (ALE) – Mar do Norte – foi a mais importante
5- O Renascimento Urbano
• Retomada do comércio impulsiona o renascimento urbano.
• Burgos (núcleo urbano/fortalezas).
• Burgueses: habitantes dos burgos (artesãos e comerciantes).
· Movimento Comunal (séc. XI - XIII)
· Movimento de independência das cidades em relação ao feudo (libertação das cidades da autoridade dos senhores feudais).
• CARTAS DE FRANQUIA: autonomia.
• Guerras ou indenizações.
As Corporações: caráter local
• GUILDAS: associações de mercadores (monopólio do comércio local, controle da concorrência estrangeira, regulamentação de preços).
• CORPORAÇÕES DE OFÍCIO: associações de artesãos (monopólio das atividades artesanais, controle da concorrência, regulamentação de preços, estabelecimento de normas de produção, controle de qualidade e assistência aos membros).
Resultados:
• Formação de um grupo de grandes comerciantes e artesãos que se sobrepunham aos demais, impondo seu poder econômico (a burguesia).
• Trabalho assalariado.
• JACQUERIES – rebeliões camponesas.
• Formação das Monarquias Nacionais (Fim dos feudos e surgimento dos países)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário